sábado, 23 de setembro de 2017

CASAL FIGURAÇA EM PÉ DE GUERRA.

 = Excepcional. /  = Muito bom. /  = Bom./  = Regular. / = Fraco. / Coco do Cachorrão= Preciso mesmo dizer?.

Divórcio.
Produção brasileira de 2016.

Direção: Pedro Amorim.

Elenco: Murilo Benício, Camila Morgado, Luciana Paes, Angela Dippe, André Mattos, Sabrina Sato, Paulinho Serra, Thelmo Fernandes, Cynthia Falabella, Bruna Tornarelli, Antônio Petrin, Lu Grimaldi, Robson Nunes, entre outros.

Blogueiro assistiu na sala 2 do complexo Kinoplex Maceió em 22 de setembro de 2017.

Cotação

Nota: 8,0.

Sinopse: Noeli (Morgado) é literalmente roubada do altar por Júlio (Benício) e os dois passam a viver juntos um ardente caso de amor. Um belo dia, os pombinhos humildes criam um molho de tomate delicioso, que acaba virando sucesso nacional, deixando-os podre de ricos. Mas, com o passar dos anos, o amor esfria de vez e dois se distanciam. Quando eles resolvem se divorciar, inicia-se uma feroz briga pelos bens, instigada por Roberto Lobão (Mattos) e Priscila Kadisci (Dip), seus respectivos advogados.

Comentários: No meio de um bombardeio de tanta bobagens na comédia nacional, somos surpreendidos por uma que sai da mesmice e ainda consegue a proeza de ser realmente engraçada. É bem verdade que Divórcio não traz nenhuma novidade ao gênero. Mas, com um roteiro bem elaborado, inteligente e engraçado, que ganha forças com as excelentes atuações do elenco, principalmente dos protagonistas Murilo Benício e Camila Morgado, com timing para o humor e química perfeitos, o filme acaba sendo uma deliciosa comédia que diverte e nos faz rir durante a maior parte do tempo. Enfim, uma agradabilíssima surpresa que merece ser conferida. Imperdível!

Rick Pinheiro.
Cinéfilo alagoano.

RECORDAR É REVER: COLHEITA MALDITA.

 = Excepcional. /  = Muito bom. /  = Bom./  = Regular. / = Fraco. / Coco do Cachorrão= Preciso mesmo dizer?.

Colheita Maldita (Children of the Corn).
Produção estadunidense de 1984.

Direção: Fritz Kiersch.

Elenco: Peter Horton, Linda Hamilton, R.G. Armstrong, John Franklin, Courtney Gains, John Philbin, entre outros.

Blogueiro assistiu na TV aberta (SBT) e em home vídeo (DVD) em 20 de setembro de 2017.

Cotação

Nota: 6,0.
Sinopse: Baseado num conto de Stephen King. Na pequena cidade de Gatlin, que fica no feofó de Nebrasca, uma misteriosa entidade demoníaca que vive entocada no milharal, denominada como "Aquele que anda por detrás das fileiras", domina a pirralhada local, que manda para a terra do pé-junto todos os adultos, passando a cultuar a entidade, sobre o comando do feioso e malvadão pirralho pregador Isaac (Franklin). Três anos depois, sem saber do ocorrido, um jovem médico (Horton) e sua esposa (Hamilton) vão parar no lugar, se metendo numa roubada mortal. 

Comentários: Quem em sã consciência recusaria um roteiro escrito pelo mestre Stephen King adaptando um escrito seu, optando por filmar um roteiro escrito por um ilustre desconhecido? Por mais absurdo que possa parecer foi o que os produtores deste clássico cult oitentista fizeram que visando emplacar uma franquia modinha no gênero do terror, que na época vivia seu ápice, preferiram levar às telonas a versão costumeira sanguinolenta. O resultado é um filme que até tem um climão, prende atenção e empolga em alguns momentos, mas, está longe de ser uma boa adaptação de uma obra do mestre King. Particularmente, quando pirralho, tinha uma implicância com o filme, e achava que os pirralhos encapetados seriam detidos como uma boa palmada. Hoje, continuo pensando assim, mas, consigo chegar a conclusão que o filme é satisfatório e nada mais do que isso. Vale a conferida, principalmente para ver Linda Hamilton, pré-Sarah Connor, como a mocinha que tem que encarar os pirralhos encapetados.

Sucesso de bilheterias mas com a crítica descendo o cacete, Colheita Maldita acabou ganhando continuações. A primeira, nove anos depois, o que era bastante tardio numa época onde as franquias de terror lançava um filme todo ano, foi a única que chegou às telonas e assim como o filme que veio dois anos depois, é daqueles filmes que de tão ruins acabam sendo bons por provocarem inevitáveis gargalhadas. Ambos os filmes tem péssimos roteiros, repletos de furos, e contam efeitos especiais para lá de toscos até para a época que de tão ridículos acabam tornando os filmes comédias pastelões involuntárias, o que acabou gerando duas hilárias pérolas trashes que valem a pena ser conferida para rir bastante. Curiosamente, o terceiro filme conta com Charlize Theron como figurante - e não como estrela como a capa do DVD descaradamente mente -, praticamente impercebível como uma das crianças encapetadas.

Apesar de desnecessários, Colheita Maldita poderia ter sido uma trilogia que se não era grande coisa, ao menos seria divertida e hilária.  Mas, os caras teimaram e ainda lançaram mais cinco filmes ruins, o que acabou tornando-a como uma das piores franquias de terror, até mesmo para os fãs do gênero mais apaixonado. O quarto filme, estrelado por Naomi Watts, o sexto, que traz de volta o pirralho pregador malvadão do original (John Franklin acabou sendo o único ator de um filme da franquia a aparecer em dois filmes) e praticamente é uma continuação direta deste, e o sétimo de tão ruins são insuportáveis. Já o quinto filme, que marca o debute nas telonas da lindona Eva Mendes (creditada Mendez), é o mais sanguinolento da franquia, ainda é assistível e provoca tímidas gargalhadas, apesar de ser uma merda como os outros. Todos os filmes com roteiros péssimos (a sinopse de cada um está na ficha técnica no final da postagem), mal elaborados, que não se relacionam nem com o original nem entre eles mesmos. Merecem ser ignorados e esquecidos.

Quando achávamos que a franquia estava extinta, mais um filme é realizado, após dez anos do sétimo, provavelmente motivado pelo remake televisivo exibido dois anos antes. E somos surpreendidos por um filme realmente bom, feito raríssimo na franquia, que como de costume tem pouquíssima relação com o original e as sequências, mas consegue prender nos envolver e prender atenção do começo ao fim, com um climão tenso. Caga apenas com um final fraquinho e sem graça, que descaradamente uma puta deixa para uma continuação, algo que sabemos que não vingou. Uma pena, pois tinha tudo para ser o melhor filme da franquia, inclusive, superando o original.

E pensa que acabou? Parecem que os caras são brasileiros pois não desistem nunca. No ano passado, filmaram mais um filme da franquia, Children of the Corn: Runaway. Segundo a sinopse divulgada, a trama mostra uma jovem grávida e escapa do culto da tal seita, e após dez anos vivendo anonimamente numa cidadezinha em Oklhama com o filho, terá que encará de novo o sobrenatural. Escrito pelo diretor do último filme, percebemos que aproveita-se apenas o tema de mulher grávida alvo da seita, e que a falta de continuidade de relação com os demais filmes continua presente. Se vai finalmente acertar, sinceramente, duvido muito. 

Por enquanto, coube ao remake televisivo exibido em 2009 salvar o conto do mestre King. De cara, somos surpreendidos por escalarem crianças de verdade, principalmente no papel de Isaac, que no original era vivido por um carinha baixinho de dezessete anos. Outra surpresa que temos logo nos primeiros minutos é o casal de protagonistas claramente em crise, uma boma relógio que logo explode batendo de frente, totalmente contrário aos pombinhos melosinhos do original. Aparentemente, as ideias que Stephen King queria para o original, mas, foi ignorado, ele teve liberdade de usá-las já que é um dos dois roteiristas do filme. O resultado é um filme tenso, empolgante e ligeiramente psicodélico. Enfim, uma adaptação digna do conto do mestre King.

Colheita Maldita 2 - O Sacrifício Final (Children of the Corn II: The Final Sacrifice).
Produção estadunidense de 1993.

Direção: David Price.

Elenco: Terence Knox, Paul Scheffer, Ryan Bollman, Christine Clark, Rosalind Allen, Ned Romero, entre outros.

Blogueiro assistiu em home vídeo (DVD) em 21 de setembro de 2017.

Cotação

Nota: 4,5.
Sinopse: Na pequena cidade de Gatlin, corpos de adultos são encontrados, e as crianças e adolescentes órfãos são enviadas à cidade vizinha, Hemingford, onde são acolhidas por moradores locais. Entre vários jornalistas que vão cobrir o caso está John Garrett (Knox), cara que já teve grande prestígio mas ganha a vida num tabloide, que inventa de levar com ele o filho adolescente (Scherrer), com quem tem uma relação nada amigável. Obviamente, as crianças que formam a seita que cultuam a misteriosa entidade, vão tratar de tocar o terror também na cidadezinha nova.

Colheita Maldita 3 - A Colheita Urbana (Children of the Corn III: Urban Harvest).
Produção estadunidense de 1995.

Direção: James D.R. Hickox.

Elenco: Daniel Cerny, Ron Melendez, Mari Morrow, Duke Stround, Nancy Lee Grahn, Jim Metzler, Charlize Theron, entre outros.

Blogueiro assistiu em home vídeo (DVD) em 21 de setembro de 2017.

Cotação

Nota: 4,0.
Sinopse: Após perderem os pais, dois irmãos, o pirralho Eli (Cerny) e o adolescente Joshua (Melendez), são adotados por um casal (Metzler e Grahn) de Chicago e vão morar lá. Coincidentemente, bem ao lado da casa, tem um galpão abandonado, onde o mais novo, planta o milharal amaldiçoado e passa a pregar e dominar outros pirralhos. Mas, o mais velho faz amizade com jovens irmãos locais, chuta o pau da barraca e tenta embasar o planos do irmãozinho malvadão.

Colheita Maldita 4 (Children of the Corn IV: The Gathering).
Produção estadunidense de 1996.

Direção: Greg Spence.

Elenco: Naomi Watts, Brent Jennings, Samaria Graham, Jamie Renee Smith, Brandon Kleyla, William Windonn, Karen Black, entre outros.

Blogueiro assistiu online (site Mega Box Filmes Online) em 22 de setembro de 2017.

CotaçãoCoco do Cachorrão

Nota: 0,0.

Sinopse: Preocupada com a mãe (Black) que encontra-se à beira de surtar, agravado por pesadelos que vem tendo, Grace Rhodes (Watts) volta à cidadezinha natal que nasceu. Mas, ao chegar lá, a jovem que é médica, se depara com as crianças locais acometidas por uma misteriosa febre. O que ela não sabe é que apenas o começo do domínio delas pelo pirralho malvadão pregador Josiah (Kleyla), que anos antes foi assassinado por pastores religiosos gananciosos e volta do além para comandar a vingança contra os adultos local.

Colheita Maldita 5 - Campos do Terror (Children of the Corn V: Fields of Terror).
Produção estadunidense de 1998.

Direção: Ethan Wiley.

Elenco: Stacy Galina, Alexis Arquette, Adam Wylie, Greg Vaughan, Eva Mendez, Ahmet Zappa, Angela Jones, Fred Willamson, David Carradine, Kane Hodde, entre outros.

Blogueiro assistiu online (site Mega Filmes Top) em 22 de setembro de 2017.

Cotação

Nota: 2,5.

Sinopse: Um grupo de jovens cai na estrada e no caminho, acaba se perdendo num milharal. O que eles acabam descobrindo é que o local está localizado numa cidadezinha abandonada, que é habitada apenas por crianças e adolescentes malvadões, liderados por Ezekial (Adam Wylle), se metendo numa roubada mortal.

Colheita Maldita 666 - Isaac Está de Volta (Children of the Corn 666: Isaac's Return).
Produção estadunidense de 1999.

Direção: Kari Skogland.

Elenco: Nancy Allen, Natalie Ramsey, Paul Popowich, Alex Koromzay, John Patrick White, Nathan Bexton, John Franklin, Stacy Keach, entre outros.

Blogueiro assistiu online (site Mega Box Filmes Online) em 22 de setembro de 2017.

Cotação

Nota: 0,0.

Sinopse: A trama se passa dezenove anos após os eventos do primeiro filme. Prestes a completar dezenove anos, a jovem Hannah (Ramsey) deseja descobrir seu passado familiar, em especial, sobre sua mãe (Allen) e o motivo que ela a deu para adoção. Para isso, ela resolve voltar à Gatlin, sua cidade natal. Ela acaba descobrindo que foi concebida justamente quando os pirralhos chutaram o pau da barraca e no comando do malvadão Isaac, mandaram para a terra do pé-junto todos os adultos da cidade. Esse fato torna Hannah parte de uma profecia que afirma que ela é a única a derrotar Isaac, que coincidentemente acaba de acordar de um coma de dezenove anos.

Colheita Maldita 7 - A Revelação (Children of the Corn: Revelation).
Produção estadunidense de 2001.

Direção: Guy Magor.

Elenco: Claudette Mink, Kyle Cassie, Crystal Lowe, Troy Yorke, Michael Rogers, Sean Smith, Michael Ironside, entre outros.

Blogueiro assistiu online (site Mega Box Filmes Online) em 22 de setembro de 2017.

Cotação

Nota: 0,5.
Sinopse: Preocupada com a avó (Louise Grant), que misteriosamente tomou chá de sumiço, a jovem Julie (Mink) vai até Omaha, no Nebrasca, onde a velhota mora. No apartamento, encontra uma Bíblia, o que a deixa grilada já que a velha é ateia. Nas andanças pelo prédio que está para ser demolido, ela acaba se deparando sempre com dois misteriosos e tenebrosos pirralhos. Nas investigações ela acaba sabendo que sua avó é a única que escapou com vida de uma seita de pirralhos que cometeu suicídio coletivo, e que estão de volta para um acerto de conta com a velhota e sua netinha.

Colheita Maldita: Gênesis (Children of the Corn: Genesis).
Produção estadunidense de 2011.

Direção: Joel Soisson.

Elenco: Kellen Coleman, Tim Rock, Barbara Nedeljakova, Duane Whitaker, Dusty Burwell, Billy Drago, entre outros.

Blogueiro assistiu online (site Mega Box Filmes Online) em 23 de setembro de 2017.

Cotação

Nota: 6,0.
Sinopse: O casal californiano Tim (Rock) e a gata e grávida Allie (Coleman) estão na estrada rumo à casa do avô dele, quando o carro quebra bem no meio do nada, no deserto. Após andarem um bocadinho num sol escaldante, eles encontram uma casa e pedem para fazer um telefonema ao dono do lugar, um esquisito caipira (Drago) e a sua esposa novinha (Nedeljakova), que está seca para se mandar do lugar. Como não é possível o reboque chegar por lá, os pombinhos são obrigados a se hospedarem, passarem a noite e esperarem pegar uma carona a uma cidade vizinha. Só que eles acabam descobrindo algo macabro e terão que lutar para se livrar da merda que se meteram. 

Colheita Maldita (Children of the Corn).
Produção estadunidense de 2009.

Direção: Donald P. Borchers.

Elenco: David Anders, Kandyse McClure, Daniel Newman, Preston Bailey, entre outros.

Blogueiro assistiu no notebook em 23 de setembro de 2017.

Cotação

Nota: 8,5.
Sinopse: Segunda adaptação de um conto do mestre Stephen King. A trama se passa em 1975, quando o veterano da guerra do Vietnã Burton Stanton (Anders) está viajando com sua esposa Vicky (McClure), em tensão constante já que o casamento está por um fio. Para piorar, rola um acidente que os fazem ir a deserta cidadezinha de Getlin. Os que eles não suspeitam é que a cidade não está tão deserta como aparenta, já que doze anos antes a pirralhada, liderada pelo pirralho pregador Isaac (Bailey), simplesmente tomou conta de tudo, mandando os adultos desta para uma melhor.

Rick Pinheiro.
Cinéfilo alagoano.





Filme completo legendado.





Trailer.


Trailer.